Queridos, cheguei!

Saímos do Hospital Salvalus (dedicarei um post apenas para falar das boas e péssimas experiências vividas nessa maternidade) sexta-feira às 23:15h +/- Nunca havia dirigido um carro com um bebê na cadeirinha, ainda mais o meu bebê! Então fui a 60 km/h. Ou seja, após passar em 3 farmácias(próx. uma das outras) para pesquisar preço e comprar os medicamentos da Naty e do Bebê, cheguamos em casa por volta da 1h.

Nico mamou dentro do carro, domiu e resmungou, mas só com o carro parado, pelo visto já é um José Gasolina, curtiu a viagem para casa. Chegando próximo ao meu bairro, fui apresentando os “pontos turísticos” para ele, das favelas próximas até as padarias…rs… Naty foi segurando a barriguinha para não estourar os pontos de tanto rir…rs Pérola dos tipo “Filho, aqui é a favela do Pó, spot(local) 18+” ahuuhahuaUHaUHuhAhua

Chegamos em casa e organizamos as coisas que não lembramos de organizar antes, a primeira noite (como as seguintes) foram tranquilas,  ele acorda apenas 1x por noite para mamar e trocar fralda. Quando acorda e não tem porque chorar, fica no berço “de boa na lagoa” … curioso e preguiçoso… sempre atento a coisas novas e em prontidão à uma soneca esperta! rs

O dia mais difiícil, foi quando ele recebeu visita, quando a galera foi embora ele demorou quase 4h para dormir… foi tenso! Acho que ele estranhou a bagunça, o barulho, e as mudanças de horário de mamar e tal. Quem mandou ser querido por tantas pessoas?! hahaha

Só para constar, as avós e os avôs estão ajudando MUITOOOOOO… sem palavras para agradecer!

Curta o blog para receber mais posts. Abss

2 comentários em “Queridos, cheguei!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *