Banho de chuveiro

Cansamos da banheira, na verdade, ele quase não cabe mais, de tão grande(e gordo) que ele esta. As dobrinhas da perna estão começando a aparecer, e um protuberante panettone surge em sua pança de bebê… rs…

Continua dando trabalho para mamar, mais isso é assunto para outro post… rs.

Para resolver o problema da banheira, decidimos tentar o chuveiro. Tomei banho antes, arrumei toalha, sabonete, e muita paciência, pois, imaginava que seria TENSO esse “novo” banho.

Ele entrou no banheiro animadão e curioso, pois, pouco conhecia esse ambiente da casa, afinal de contas, seu banheiro é portátil e magicamente limpo de tempo em tempo.

Ao entrar no box fumê, arregalou os olhos(bem no estilo curioso) olhando tudo e ficou balançando o pescocinho, no melhor estilo, bobble headdog_head… rs

Não assustou, nem deu escândalo, só se irritou um pouco na hora de lavar a cabeça(como sempre!). Fiquei surpreso como ele se adaptou rápido para essa nova realidade de banho, para nós é algo tão sem importância, mas para ele, um mundo novo de possibilidades e aprendizado contínuo(e eu faço parte disso!!! uhuuul)!

Saiu do banho todo pimpão, e para variar, chorou na hora de se trocar, nunca vi criança que gosta tanto de ficar pelado igual o Nico, muleque vai virar nudista quando crescer, só pode! rs

Semana passada não postei pois estava de “férias” na praia, curtindo minha família e meu filhão! Que por sinal adora praia, acho que a mudança de pressão ajuda ele a dormir bem melhor… ahhh se a grana desse mudaria para lá hoje! (ps. a internet lá é de até 4mb, contra o meu humilde 1mb aqui em SP… trágico!)

 

Novidade: Nico tá curtindo a galinha pintadinha… a baratinha é a preferida, que por sinal, o bicha mentirosa e fudida da vida(sofre bullying e não tem sorte nenhuma…rs…) hein! Para os que não entenderam, clique aqui.baratinha

Até o final da semana vou subir um vídeo do Nico de pé, causando com a mãe dele no sofá de casa!

Abraços!

BobbleHead

Leia Mais

O primeiro dente do Nico

Antes de escrever este post, fui pesquisar(brevemente) sobre os primeiros dentes nos bebês. As três dúvidas mais frequentes são:

> Com quantos meses nascem os dentes no bebê?

R. Não existe mês certo, varia de bebê para bebê, três meses, seis meses. Deve-se apenas ficar atento, caso os dentes(20 dentinhos) não nasçam até o terceiro aniversário da criança é recomendado procurar um pediatra e um dentista.

> Por que o bebê baba tanto, quando nascem os dentes?

R. Porque ele é um bebê babão(brinks). A maturação das glândulas salivares é a principal causa(costumam acompanhar o desenvolvimento dental), mas a coceira na gengiva, também auxilia(e muito) no processo da produção de baba. Nico quando fica de pé, parece o chafariz do lago do Ibirapuera, baba constante e grudenta… parece um mini bulldoguinho que acabou de beber água(e o pior é que o Nico já bebe água, mas não é na vasilha não, é na mamadeira mesmo hahaha)

> Quando os dentes nascem o bebê sente dor?

R. Reza a lenda que o bebê não sente nada além da coceira, MAS, eu tenho as minhas dúvidas, porque o Nico é um bebê de boa, não é chorão nem nada, mas quando esta “atacado” com os dentes, vishhhhhhhh, é choro full time! É uma fase né, que ele deve aprender a lidar. Li por ai que mães usam um tal de gel anestésico (wtf) na gengiva do bebê. EU não concordo com isso, acho que o bebê  esta aberto o tempo inteiro para descobertas, e a dor também é uma descoberta e não deve ser “excluída” da infância. A dor serve para indicar algo, um desconforto, um sinal do corpo, um início de problema e afins,o bebê deve aprender a lidar com a dor (chuva de comentários me xingando em 3…2…1… rs ), os masoquistas piram huAHuaHUaHUuhauhauhAUHa.

Os dentinhos do Nico já começaram a despontar na gengiva banguela do baixinho. Irritado(mais que o normal) é seu sobrenome no momento… rs. Dono de suas próprias mãos, tenta por tudo na boca, se ele segura o dedo de alguém, já lasca a gengiva nele. Os brinquedos então, cada façanha que ele consegue fazer. Ele ganhou um jogo de cubo (da minha afilhada) o jogo tem um macaco, um leão e um elefante… qual vocês acham que ele tenta por na boca?

fisher-price---cubos-dos-animais

Na escapa de sua gengiva assassina. O mordedor não é suficiente para a coceira, ele já tentou de tudo, fralda de pano, 1 mão, as duas mãos, hora ou outra ele faz umas caretas muito engraçadas, pois a força de sua gengiva não é proporcional ao seu limiar de dor no dedo… hahaha Ele arregala os olhinhos e deve pensar “Caraca velho, quem me mordeu? Foi você né pai? Gordo, eu não sou de comer não!”

Sua rotina alimentar também mudou muito(para desespero da Naty), era de 3 em 3 horas, agora varia entre 3h ou 2:30h, mama menos que o normal. Chora, reclama e grita quando não consegue mamar tudo que quer, 6kgs de pelanquinhas de bacon … hahaha

Um problemão para o bebê, que deve desde cedo aprender a lidar com as frustrações e prazeres que a vida proporcionará para ele em breve. Vocês acham que educação de péssima qualidade, corrupção, saneamento básico(inexistente em muitas partes do Brasil) ou saúde precária são os problemas que assombram as noites dos bebês no Brasil? Ema ema ema, cada um com seus problemas, agora me deixa em paz e me dá um mordedor!

Leia Mais

1º Dia das Crianças do Nico

Sou meio revoltado(e mão de vaca) com datas comerciais que só servem para foder o orçamento da família. Este ano, não tive problemas orçamentários, pois,  Nico ainda não sabe falar, pedir, nem escolher presentes caros(trolololololo Chupa consumismo!), demos um urso interativo, que fala, canta, fala as cores e nomeia as partes do corpo, muito bonitinho e colorido por sinal. Nico ficou encantado com os sons e as cores, mas vira e mexe ele mete o tapa no ursinho, acho que estou vendo muito UFC com ele na sala…rs

Para a sorte do Nico, nem todos são “muquinha”(Palavras da Naty), ou seja, Nico ganhou presente do dia das crianças de muita gente, até de gente que nunca me deu nada, fiquei surpreso e feliz. Ele ganhou brinquedos, toalha bordada, roupas de calor, de frio, mais brinquedos, mais roupas e muito, mas muito mimo… rs Tirou umas 100 fotos no colo do BDL( Bando do Louco ) que foi visita-lo no feriado e nos dois aniversários que comparecemos esse final de semana passado.

Muito brinquedos educativos, que estimulam a cordenação motora e a criatividade, muitas cores, formas geométricas e tudo diferente, não ganhou nada repetido(por sorte).

É um barato ver ele brincando, agora acho que ele já entendeu que as suas mãos obedecem ao seu comando, ele tá na vibe de arremessar as coisas  “olha filho o elefantinho…” Vuuuuuuuuup no chão… “Olha que bonito filho o ursinho…” paaaaaaaf no chão, a maioria dos brinquedos é de um plástico duro e barulhento, então, quando cai no chão parece que quebrou todo o jogo de louça da casa. Acho que ele se diverte mais com a minha cara de (¬.¬) quando pego do chão os brinquedos do que propriamente brincando. Na primeira vez é lindo, quero tirar fotos, chamo a Naty para ver, na 25º vez já olho assim para ele (¬.¬ ) e digo levanta e pega! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Cada dia mais falante e curioso, não suporta mais ficar no carrinho deitado, tem que ser sempre na posição vertical, sentadinho, o ruim é que o carrinho tem um tecido que escorrega, ou seja, de 5 em 5 minutos temos que arruma-lo no assento e aguentar a cara dele de “puta carrinho zuado que vocês compraram hein!”.

A importância no dia das crianças para mim é se importar com a criança que temos em casa, na casa do vizinho, a criança que não conhecemos, a criança que todos temos dentro de nós e que na correria do dia a dia, esquecemos de deixa-la sair para brincar, isso é importante, nunca deixar a sua criança interior ser esquecida e apagada.

nico43Agradeço à todos que lembraram do Nico nessa data.
E agradeço ao Nico por me fazer lembrar da criança que tenho dentro de mim*.

 

*(Só para esclarecer, não estou grávido! Isso é só gordura mesmo, ok troladores de plantão! rs)

Leia Mais

Paciência…

… as vezes me falta, infelizmente.

Um tempo atrás(ontem, por exemplo…rs) Nico sofre com as (malditas) cólicas, ou com prisão de ventre, ocasionando corujões no meio da semana, Naty é uma santa(quando eu ronco, ela já me dá várias cotoveladas, quando o bebê chora ela faz gracinha… =/), tem toda a paciência do universo com o muleque… gritando, berrando, tocando o terror altas horas da madruga e a Naty só tentando acalma-lo com música, mordedor, brincadeiras e etc… Já eu, tenho prazo de validade no quesito sono(zzZZzZzzZz).

2:00am ainda sou produtivo, dou risada, falo merda.

3:00am estou iniciando a rotina de destruição em massa, linguajar monossilábico “sim, não, ok”, sorriso já não existe mais.

4:00am

cramulhão

Sendo assim, as vezes perce a paciência com o Nico, mesmo sabendo(mas não lembrando) que ele não tem a mínima idéia(ou seja, tá pouco se fodendo) de como resolver seus “problemas” e é totalmente dependente de nós(Naty e eu). Acho até injustiça da natureza, fazer um mamífero tão noob quanto o ser humano, poxa, tem mamífero por ai que já nasce tocando o terror na fauna… rs

Ok. Tudo resolvido, Nico dormindo, tudo no silêncio, minha barra de Stamina começando a carregar(junto com a de paciência), quando de repente o moto boy “pseudo segurança da rua” passa em frente nossa casa tocando aquela “pseudo sirene” … o Nicolas tem horror aquele barulho e antes do moto boy sair de nossa rua, Nico acorda chorando. Ontem Naty falou “Ai amor, ainda bem que eu não tenho uma sniper, porque senão ouviriamos apenas um tiro, seguido de um barulho de moto ralando na calçada “ e com esse barulho o Nico não acordaria, mas como não temos… paciência.

Leia Mais