Paciência…

… as vezes me falta, infelizmente.

Um tempo atrás(ontem, por exemplo…rs) Nico sofre com as (malditas) cólicas, ou com prisão de ventre, ocasionando corujões no meio da semana, Naty é uma santa(quando eu ronco, ela já me dá várias cotoveladas, quando o bebê chora ela faz gracinha… =/), tem toda a paciência do universo com o muleque… gritando, berrando, tocando o terror altas horas da madruga e a Naty só tentando acalma-lo com música, mordedor, brincadeiras e etc… Já eu, tenho prazo de validade no quesito sono(zzZZzZzzZz).

2:00am ainda sou produtivo, dou risada, falo merda.

3:00am estou iniciando a rotina de destruição em massa, linguajar monossilábico “sim, não, ok”, sorriso já não existe mais.

4:00am

cramulhão

Sendo assim, as vezes perce a paciência com o Nico, mesmo sabendo(mas não lembrando) que ele não tem a mínima idéia(ou seja, tá pouco se fodendo) de como resolver seus “problemas” e é totalmente dependente de nós(Naty e eu). Acho até injustiça da natureza, fazer um mamífero tão noob quanto o ser humano, poxa, tem mamífero por ai que já nasce tocando o terror na fauna… rs

Ok. Tudo resolvido, Nico dormindo, tudo no silêncio, minha barra de Stamina começando a carregar(junto com a de paciência), quando de repente o moto boy “pseudo segurança da rua” passa em frente nossa casa tocando aquela “pseudo sirene” … o Nicolas tem horror aquele barulho e antes do moto boy sair de nossa rua, Nico acorda chorando. Ontem Naty falou “Ai amor, ainda bem que eu não tenho uma sniper, porque senão ouviriamos apenas um tiro, seguido de um barulho de moto ralando na calçada “ e com esse barulho o Nico não acordaria, mas como não temos… paciência.

2 comentários em “Paciência…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *