Um novo ciclo de natal

Esse natal foi um pouco diferente do normal, nunca tive uma família muito ligada ao natal, nosso foco sempre foi o ano novo juntos, natal era cada um por si… rs. Esse ano me dei conta que eu tenho que começar a comemorar o natal de uma forma diferente, ainda não sei como, mas diferente, afinal agora eu tenho a minha família e gostaria que o natal para o Nico, pelo menos por alguns anos, fosse algo especial. Não apenas pelos presentes e pela ceia(gordo é foda), mas pelo espírito do natal, sou da opinião que não precisamos de uma data para perdoar ou pedir perdão, mas é fato que no natal os corações amolecem, o orgulho já não tem mais tanta certeza de que esta totalmente certo, revivemos alguns momentos passados com outro olhar, o olhar do outro.

Penso que no Natal, é bem mais fácil ser bondoso, uma simples visita há um orfanato, ou algum hospital infantil consegue mudar a visão de mundo de qualquer pessoa mentalmente saudável. Já tive a oportunidade de fazer as duas visitas que citei acima, e digo que cada uma delas matou um pouquinho do espírito natalino que eu possuía, não no sentido ruim, mas no sentido real. No orfanato fui com a minha família, entregamos brinquedos, tomamos café com as crianças e em poucos momentos, nós éramos o mais próximo que elas tinha como família, a cada minuto um garoto me dizia que sua mãe em breve chegaria, perguntei para a moça que cuidava do orfanato e ela me contou que o garoto havia sido deixado lá há mais de 5 anos e nunca tinha recebido uma visita, me peguei pensando como posso ser tão mesquinho no meu dia a dia. Como posso ficar “putinho” com tanto coisa idiota, frente a esse garoto. Isso é natal, é encarar o que fizemos no ano e ter a coragem de dar um pedaço de carvão á nós mesmos. “Fulano me deletou do facebook, cicrano me bloqueou do twitter, galera marcou algo, não me chamou e ainda postou fotinhos no instagram…”. Para você que ainda esta lendo esse texto, reparou que natal me deixa pessimista e um pouco melancólico, mas é por isso, pela realidade que o mundo vive em todos os outros 364 dias do ano, e que nos lembramos apenas no natal. Gente passando fome, guerras acontecendo enquanto eu como meu chester, enquanto engordo alguns quilos na noite de natal, mendigos comem sopa no centro da cidade, dada por pessoas que fazem a diferença nessa data de nascimento, renascimento, o que é o nascer, se não um novo ciclo?

E quando os ciclos terminam? Fantasiado de palhaço visitei crianças no hospital do câncer, em um outro natal, nunca fiquei tão triste em minha vida, mais um péssimo natal para mim, mas um bom natal para eles, cheios de esperança, alegria, agarrados a um fio de vida, alguns sem força até para levantar de seus leitos para receber os presentes dos palhaços,  que de tempo em tempo choravam e saiam da sala, abraçávamos as mães, e elas num choro tão sincero nos apertava como se estivesse renovando suas forças para mais uma noite sofrida, acordada e sentada em uma cadeira improvisada de hospital, sem saber se no dia seguinte poderia abraçar seu filho, seu menino… é este natal que quero voltar a viver. Há anos que não fiz mais nenhuma coisa boa no natal, só visitei amigos, abracei familiares, comi ceias maravilhosas e me esqueci desse outro natal.

Abracei o meu filho na virada da meia noite, e tive a certeza que hoje nada é mais importante para mim do que seu bem estar, sua formação, espero que um dia ele leia isso e saiba que este é o espírito de natal que ele deve ter, presentes são bem vindos? Lógico que são, mas não devem ser a regra do natal. Penso que esta é uma data no ano que podemos realmente fazer diferença para outras pessoas, podemos ser o natal delas.

Que todos tenham um ótimo fim de ano.

Leia Mais

Febre

Semana passada Nico estava com uma tosse chata, mas esporádica, decidimos esperar, pois poderia ser apenas o tempo seco e a poluição. Sexta a noite(pós Poker com o BDL(bando de louco)) Naty, Nico, Tiago(amigo) e eu fomos até o pronto socorro do meu bairro. Nico tem convênio, porém é na zona leste, decidi então passa-lo no PS(pronto socorro) e caso fosse detectado algo, iriamos no Salvalus.

Chegamos lá as 4am e saímos de lá as 5:30am. 1:30min de pura paciência para não causar no PS, que por milagre estava vazio, mas acho que o pediatra de plantão estava dormindo gostoso, e os enfermeiros não o quiseram incomodar até seu horário de soneca terminar… Enfim, após subir um pouco o tom, Nico foi chamado na sala do “dito cujo de cara amassada e voz de quem acordou de hibernação de 6 meses”…

– O que ele tem? – Me perguntou o doutor.

Meu olhar dizia: – Não tem nada não, só queríamos fazer um passeio diferente na madrugada de sexta para sábado.

Eu entendo que o cara teria que saber os sintomas para poder avaliar melhor o pequeno, mas já não respondo mais por mim após as 4am, lembram?(viro o Dimbas… rs… ) ainda mais depois de esperar 1 hora para ser atendido num PS vazio.

Minha boca disse: – Esta com tosse, mas sem febre, apenas uma tosse chata e seca, e antes que se torne algo pior, decidimos traze-lo aqui para uma avaliação.

Ele o examinou, ouvio seus pulmões, olhou sua garganta e nos perguntou se morávamos numa casa muito quente – Sim, moramos – Rinosoro e inalação com soro 2x ao dia. Ele não tem nada grave e nem catarro no peito. Após a inalação, fomos embora mais tranquilos.

Sábado e domingo Nico teve uma febrinha chata, com máxima de 38 graus, cuidamos para a febre abaixar e sumir, e foi o que aconteceu, mas voltou na segunda também, a tosse diminuiu e começou uma pequena coriza e uma enorme manha(um chorinho muito fino… quando Naty fala fininho, ele começa a chorar fininho…. morro de rir…rs… )

Hoje ele esta melhor, aparentemente foi a junção da tosse + dentes + leve gripe, mais com muito leite materno, algumas gotas de paracetamol e umas inalações, ele já está quase 100%. 

Tenho que admitir, não gosto (nada)de remédio, to com dor disso, tomo isso, to com dor daquilo, tomo aquele outro, uma salada de pílulas …  mas algumas gotinhas do antitérmico ajudaram e muito, o Nico a melhorar, ser pai é isso, pagar a língua a cada dia que passa… rs…

Que o Papai Noel me traga um inalador de presente de Natal…rs… (tô falando sério, seu velinho safado!)

nico_inalacao

E vocês pais e mães, o que fazem com o bebê fica chatinho e com febre?! Comenta ai!

Leia Mais

Dormir é um problema?

Nico esta com dificuldade para dormir bem, agora a “balada” é uma mistura de manha, dentes e a bagunça no relógio biológico, herdado da Naty. Quando eu estou com sono, encosto e durmo, não importa o lugar(com luz, sem luz, com barulho ou não), simplesmente capoto!Ele também tem essa facilidade, só que usa apenas em festas, churrascos e  viagens.

Naty já tem um sono leve(até demais), se o Nico boceja no quarto ao lado, ela já levanta e vai ver o que houve, bendita seja a mãe, porque eu sou uma pedra sonolenta, além de virar o DIMBAS(666) após as 4:00am, fico num mal humor terrível, nem a Naty me aguenta… rs… Ela levanta, dá de mamar, brinca, troca fralda, faz parar de chorar quando ele acorda assustado(acontecendo frequentemente, por sinal). No final de semana eu consigo ajudar bem mais, para que ela se recupere do trabalho pesada da semana.

Sinto que poderia ajudar mais, porém, mãe é mãe, a maternidade muda a mulher de tal forma, agrega paciência, força, garra, amor, carinho e etc. Esses dias para Naty “não vou te dar nada de natal, mais no dia das mães, pode escolher o que você quiser, que será seu” a esperta me retruca com um sorriso no rosto e a voz fininha ” DISNEEEEY”… menos Naty… menos… rs Você já tem um pateta em casa. Tu ru tiiiiiiiiissssssss.

A rotina se mantém em casa, no fim da noite, eu dou banho no Nico, ele mama e depois o coloco para dormir, ao som de Maria Rita, Seu Jorge, Marisa Monte, Galinha pintadinha e até um pouco de música clássica, eu sou musicalmente eclético, e ele que “sofre” com isso…rs… Em 10 minutos ele está dormindo pesado, coloco-o no berço, e vou deitar, não dá 30 minutos e o safado acorda aos berros e só sossega quando o tiramos do berço. Em nossa cama ele dorme sozinho, vendo tv ou brincando, ele capota sem esforço, mas para o manter no berço é uma luta, e olha que ele só dormiu conosco no 1 mês, depois foi para o bercinho do lado de nossa cama, ficou lá até os 3 meses, depois foi para seu berço fixo, em seu quarto, nos dias de vacina, deixo ele dormir conosco, caso alguma reação apareça no meio da noite, febre e etc.

Torço para que seja apenas fase, e que seja breve! Preciso hibernar URGENTE!

Esta difícil dormirmos mais de 3~4 horas seguidas, e ele também, isso cansa de tal maneira que era melhor nem dormir. Já acordamos cansados, querendo deitar novamente, mas quando vemos aquele banguelo sorrindo, recuperamos um pouco de nossas forças para viver mais um dia ao seu lado.

nico_sono

Alguém mais sofre de sono ?! Comente!

Leia Mais

PAPAI TESTOU – Review

Leitores(as),

Recebi alguns e-mail, pedindo para que eu começasse a fazer review(resenhas) sobre as coisas que compramos ou ganhamos, desde quando o Nico (e o blog) nasceram. Um post que foi muito citado como exemplo, foi o que contei minha experiência sobre a  FEIRA DA GESTANTE, BEBÊ e CRIANÇA. Compramos algumas coisas lá, cheguei a comentar no post, mas nunca contei como foi usar esses itens na prática. A partir de hoje, ficarei mais atento em tudo que usamos com o Nico, desde roupas, brinquedos, acessórios, serviços,  fraldas e etc. Conto também com a experiência de vocês para me ajudar a completar os posts. E vou postando sobre a minha experiência paterna na utilização desses itens, que muitas vezes, despertam a curiosidade de pais e mães de primeira viagem, iguais a Naty e eu.

Os posts de review sempre terão o nome de “PAPAI TESTOU – REVIEW – Item X”, junto com categoria, tag e página dedicada apenas à essas review, para facilitar o acesso. O link esta do  lado direito do menu principal do blog.

Me mandem sugestões de review, sobre algum desenho animado, item que você possa ter curiosidade, que tento ir atrás da empresa fabricante trocar uma idéia sobre parceria e etc.

Se você deseja parceria com o Aventura Paterna, só colar na grade, ou seja, mande e-mail para aventurapaterna@gmail.com

 

O crescimento do Nico e do blog, será acompanhado por vocês, leitores(as), amigos e familiares que tanto me incentivam a continuar escrevendo…

 

Abraços.

Leia Mais