Batismo, padrinhos e lobisomem

Sei que faz meses que Nico foi batizado, e sim, demorei mesmo para fazer o post sobre o batismo, queria apenas ter certeza que ele não viraria lobisomem(minha sogra vai me arrebentar…rs…)  kkkkkkkkkkkkkk Brincadeiras à parte, foi um dia especial e cercado de amigos. Cada um tem uma religião em que acredita, ou não…rs… Não estou aqui levantando bandeira alguma, estou apenas registrando que foi um bonito momento que tivemos em família e entre amigos.

Mas essa aventura paterna, começou 15 dias antes, no cursinho de batismo que durou quase uma eternidade de quase 6h e que poderia ser resumido em 30 min. Enfim, a burocracia esta ai para ser usada… bora usar!

Pai, mãe, padrinho e madrinha, acordamos domingão cedo e fomos encarar o cursinho, demos muita risada com os palestrantes e outros participantes ali presentes, foi um dia divertido no geral, relembramos alguns ensinamentos que já havíamos visto na catequese, mas nada de novo. Tudo se resume numa boa educação, com respeito, amor, fé, dignidade e acima de tudo amor ao próximo. Conhecemos o (jovem) padre que realizaria o batizado(mas que depois descobri que ele realizaria apenas a missa pré-batismo, e que o batizado seria realizado por um diácono bem mais experiente, se é que você me entende…rs).

Religião a parte, aconteceram algumas coisas muito engraçadas no batismo, Nico dormiu, para variar, ele só não dorme em casa e na hora que deve dormir, de resto ele capota. O padrinho do Nico apagou a vela de batismo umas 3x, que deveria “iluminar” os caminhos do Nico, por fim, acabamos “serrando” a chama da vela de outra bebê lindinha, que também estava sendo batizada, caso o Nico volte a encontrá-la e acabe se apaixonando, foi culpa do seu padrinho que entrelaçou o caminho dos dois bebês… kkkkkkkkkkkk bem coisa de novela das 9h né…rs… “Chamas da Paixão” kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Muitos amigos que “detestam” igreja compareceram, mostrando-se superiores a qualquer preconceito, amigos inesperados apareceram, e fizeram esse dia mais especial. Para mim essa é a base de qualquer coisa, seja relacionamento em família, amoroso e etc. A amizade verdadeira. Existem poucas… Mas quando temos a sorte de encontrá-las, devemos aproveitar até o último momento.

Após o batismo, levamos o Nico para pecar pela primeira vez, comeu batata frita e bacon… kkkkkkkkkkkkkkk

Fica meu agradecimento a todos que compareceram, cada um foi e é um tijolo, desse pequeno muro que estou ajudando a construir, cada um tem seu valor e importância em nossas vidas. Obrigado à todos, mas especialmente ao casal de padrinhos que Naty e eu escolhemos, pessoas mais do que especiais, dignos deste “cargo” e a cada dia que passa nos surpreendem com tanto amor e carinho que dão para o nosso filho, Nicolas. Torço para que no futuro Nico seja grato por nossa escolha, porque nós já somos grato.

Obrigado aos padrinhos e avôs e avós, familiares e amigos.

Vocês são a base de tudo.

E #fikadika, para você que ainda não escolheu quem será o padrinho  ou madrinha do seu bebê, pense, repense, e pense novamente, não seja precipitado. Não escolha por impulso, por presentes, por status, pois nada disso substitui a presença, o amor, o carinho que essa criança necessitará em todo seu crescimento.

E para você que é padrinho ou madrinha, não seja ausente, se faça presente, lembre nas datas comemorativas, mas não apenas nessas datas, lembre-se que você tem responsabilidades com essa criança, com sua educação, com seu crescimento. Não seja zuado(peguei leve…rs…)  como alguns que vejo por ai…rs…

Se alguém quiser comentar algo sobre o post, não fique com vergonha não, posta ai nos comentários.

 

Bjs e abraços!

4 comentários em “Batismo, padrinhos e lobisomem

  1. Oii!
    Sempre leio seu blog, mas nunca comento. Adoro seu humor. Morro de rir lendo!
    Achei incrível vc falar q o Nico dorme em todo canto, menos em casa. O meu é exatamente o contrário. Se bate o sono e estamos fora, é aquela choradeira. Mas num é qualquer chorinho não, cólica perde feio pra esse choro de sono. kkkkkkkk
    A questão é que ele será batizado no mês que vem e estou super ansiosa com medo de dá tudo errado, ser aquela choradeira e nenhuma foto ficar boa. kkkkkk
    Qual a idade do Nico no batismo? O meu bb (Enrico) terá 6 meses e 10 dias.

    1. Nico tinha entre 7~8 meses de idade. Foto não foi problema, pois Nico adora fazer pose kkkkkkkkkkk Mas como foram muitos amigos e parentes, o esquema de foto teve que ser bem rápido, pq a paciência do Nico dura bem pouco… rs… Mas realxa que não dará nada errado, eu que não sou religioso, peça para algum parente(que saiba mexer na camera…rs) ficar responsável pelas fotos, pq vc e os padrinhos não terão tempo para isso não. O resto não se preocupe pq dará tudo certo. Depois nos conte como foi. Bjss e agradeço o comentário e os elogios.

      Volte e comente sempre! O legal é compartilhar sensações e acontecimentos.

      =D

  2. Fala parceiro…
    O meu filhote foi batizado com 3 meses e meio, dormiu o tempo todo também.
    Do mesmo jeito que com vocês, fizemos a escolha certa. Os padrinhos do nosso filho são bem presentes e carinhosos com ele e conosco. São um suporte sempre que necessário, e ele os adora.

    A confiança e esta parceria entre nós vale demais, pra todos.

    Parabéns pelo excelente texto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *