Trabalho mais difícil do mundo

O que você faz para viver? Trabalha em quê? Alguns trabalham muito e ganham pouco. Outros, trabalham pouco e ganham mais do que o suficiente para viver uma excelente vida. Mas você é valorizado por tudo que você faz? A cada ação tomada e projeto realizado você recebe um tapinha nas costas, um reconhecimento ou algum sinal de gratidão?

Se você pensar direito, reconhecimento não é algo muito comum em várias empresas. Você é pago para fazer e se “não estiver feliz, contrataremos outro que ficará”. Mas e quem não ganha nada trabalhando, como fica?! Hãm! Se perdeu?! Não, não estou falando de escravidão não, isso é doentio, estou falando de pessoas que trabalham e não recebem dinheiro como retorno… Se não entendeu nada, assista o vídeo abaixo e reflita!

 

Alguns pais e mães ficam bolado com esse negócio de trabalhar ou não quando o bebê ainda é pequeno. Se dedicar a carreira ou família e etc… Eu conheço pessoas que optaram pelas duas opções e nenhuma delas se arrependeu de suas escolhas. Creio que o ideia é o que optar por fazer, fazer bem feito. E se você optou por ficar em casa, trabalhando em prol da sua família, não se envergonhe ou se sinta discriminada. Ou você que trabalha horas e horas para dar uma vida melhor para seu filho(a), quase não o vê, mas o ama, não se sinta culpado ou menos obrigado a ajudar na estruturação familiar. Não julgo ninguém, o ideal e o que eu busco é um meio termo, uma medida de tempero, para prover para minha família e ao mesmo tempo ser parte dessa família.

Não aponte o dedo para as opções dos outros, olhe primeiro para a sua própria escolha. Se funcionou com você, não significa que funcionará com outros. Famílias tem dinâmicas diferentes e membros diferentes. Seja sensato!

Fica aqui minha homenagem à todas as “Diretores(as) de Operações” espalhados pelo mundo.

s2

Leia Mais

Batismo, padrinhos e lobisomem

Sei que faz meses que Nico foi batizado, e sim, demorei mesmo para fazer o post sobre o batismo, queria apenas ter certeza que ele não viraria lobisomem(minha sogra vai me arrebentar…rs…)  kkkkkkkkkkkkkk Brincadeiras à parte, foi um dia especial e cercado de amigos. Cada um tem uma religião em que acredita, ou não…rs… Não estou aqui levantando bandeira alguma, estou apenas registrando que foi um bonito momento que tivemos em família e entre amigos.

Mas essa aventura paterna, começou 15 dias antes, no cursinho de batismo que durou quase uma eternidade de quase 6h e que poderia ser resumido em 30 min. Enfim, a burocracia esta ai para ser usada… bora usar!

Pai, mãe, padrinho e madrinha, acordamos domingão cedo e fomos encarar o cursinho, demos muita risada com os palestrantes e outros participantes ali presentes, foi um dia divertido no geral, relembramos alguns ensinamentos que já havíamos visto na catequese, mas nada de novo. Tudo se resume numa boa educação, com respeito, amor, fé, dignidade e acima de tudo amor ao próximo. Conhecemos o (jovem) padre que realizaria o batizado(mas que depois descobri que ele realizaria apenas a missa pré-batismo, e que o batizado seria realizado por um diácono bem mais experiente, se é que você me entende…rs).

Religião a parte, aconteceram algumas coisas muito engraçadas no batismo, Nico dormiu, para variar, ele só não dorme em casa e na hora que deve dormir, de resto ele capota. O padrinho do Nico apagou a vela de batismo umas 3x, que deveria “iluminar” os caminhos do Nico, por fim, acabamos “serrando” a chama da vela de outra bebê lindinha, que também estava sendo batizada, caso o Nico volte a encontrá-la e acabe se apaixonando, foi culpa do seu padrinho que entrelaçou o caminho dos dois bebês… kkkkkkkkkkkk bem coisa de novela das 9h né…rs… “Chamas da Paixão” kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Muitos amigos que “detestam” igreja compareceram, mostrando-se superiores a qualquer preconceito, amigos inesperados apareceram, e fizeram esse dia mais especial. Para mim essa é a base de qualquer coisa, seja relacionamento em família, amoroso e etc. A amizade verdadeira. Existem poucas… Mas quando temos a sorte de encontrá-las, devemos aproveitar até o último momento.

Após o batismo, levamos o Nico para pecar pela primeira vez, comeu batata frita e bacon… kkkkkkkkkkkkkkk

Fica meu agradecimento a todos que compareceram, cada um foi e é um tijolo, desse pequeno muro que estou ajudando a construir, cada um tem seu valor e importância em nossas vidas. Obrigado à todos, mas especialmente ao casal de padrinhos que Naty e eu escolhemos, pessoas mais do que especiais, dignos deste “cargo” e a cada dia que passa nos surpreendem com tanto amor e carinho que dão para o nosso filho, Nicolas. Torço para que no futuro Nico seja grato por nossa escolha, porque nós já somos grato.

Obrigado aos padrinhos e avôs e avós, familiares e amigos.

Vocês são a base de tudo.

E #fikadika, para você que ainda não escolheu quem será o padrinho  ou madrinha do seu bebê, pense, repense, e pense novamente, não seja precipitado. Não escolha por impulso, por presentes, por status, pois nada disso substitui a presença, o amor, o carinho que essa criança necessitará em todo seu crescimento.

E para você que é padrinho ou madrinha, não seja ausente, se faça presente, lembre nas datas comemorativas, mas não apenas nessas datas, lembre-se que você tem responsabilidades com essa criança, com sua educação, com seu crescimento. Não seja zuado(peguei leve…rs…)  como alguns que vejo por ai…rs…

Se alguém quiser comentar algo sobre o post, não fique com vergonha não, posta ai nos comentários.

 

Bjs e abraços!

Leia Mais

Dia dos Avôs e Avós

Cresci sem a presença dos meus avôs e avós em meu dia-a-dia. Só não senti muita falta, pois tive pai e mãe(muito bons por sinal) que supriram “todo” o carinho que eu precisava, me deram suporte, em todos os sentidos que se pode usar essa palavra. Um dos meus avôs faleceu há alguns anos, o outro avôs “nasceu” agora na minha vida, minhas duas avós estão mais presentes do que nunca, babando no bisneto e tentando recuperar um pouco do tempo perdido.

nico_sono

Sempre “invejei” amigos que tinham avôs e avós presentes, muitos até mesmo fazendo papéis de figura paterna e materna. Mas não uma inveja possessiva e excludente, em momento algum quis que eles perdessem para eu ter, era apenas uma vontade de compartilhar (share is love…rs), deve ser por isso, que quando faço visita na casa desses amigos, sempre solto um sonoro  “Oiiii vóóóó!”, nunca fui repreendido por nenhuma avó postiça, muito menos por meus amigos, não sei se por entender que uso o termo “avó e avô” da maneira mais carinhosa e verdadeira possível.

Quando o Nico chegou, as avós estavam preocupadas com a atenção que cada uma teria com o neto, sentaram, conversaram e juraram que não brigariam pela atenção do primeiro neto. Naty e eu rimos muito na ocasião.

Já os avôs são mais desencanados com isso, meu pai e o padrasto da Naty nem se quer pensaram nesse tipo de “problema”, homens simplificam sempre, não é? rs… (Espero que as mina do FEMEN não leiam meu blog…rs) Os dois avôs torcem para o Corinthians, creio que esse seria o único motivo para desentendimento entre eles… hahahaha

Os 4 estavam presente no hospital no momento do nascimento, os 4 sempre estão presentes quando precisamos, seja para dar banho, trocar fralda, lavar as roupinhas, escaldar a chupeta, reformar baú, presentear, mimar, tirar fotos e etc… sei que Naty e eu teremos trabalho com esses avôs e avós… Colocaremos eles de castigo e não o Nico… eles serão os causadores de mimos… hahahahaha… já até imagino…. ai ai. E não fico nem um pouco triste com isso, pelo contrário, já comecei bem, dando ao meu filho o que “não tive integralmente” …

Atualmente a minha avó é a melhor do mundo, pena que não foi assim desde minha infância, mais é algo que tenho que agradece-la, pois por este motivo não tive apenas 2 avós e 2 avôs, tive muitos outros, tão importante, inesquecíveis em seu modo, então para falar a verdade, creio que não deveria ter sido eu a ter inveja, mas sim, ter sido invejado.

Farei questão de guardar as raízes da minha família, pois uma planta sem raiz morre, por que nós, humanos, seriamos diferente? O morrer não necessáriamente precisa ser literal, pense nisso:  Sem um passado, um legado anterior, um parâmetro, uma baliza, nós nunca teremos no que se apoiar, nos firmar ou até mesmo apontar e dizer ” eu nunca faria isso com meu filho” ou melhor “eu farei bem melhor para o meu filho”… um castelo sem base esta destinado a cair.

Obrigado aos avôs e avós do Nicolas e à todos os meus avôs e avós postiços.

Leia Mais

Simpáticas Simpatias

Avós, tias, bisavós e alguns amigos, por crença, ou não, nos deram algumas dicas de simpatias ou lendas da maternidade. Antes de iniciar os relatos, vou tentar resumir de onde vieram as “simpatias”, suas origens e algumas curiosidades.

Pense em simpatia como uma magia lvl.1, ou seja, magia noob(novata), algo leve e inofensivo.É mais um ato de crer, do que algo mistico. Está intensamente ligado a superstição, reação causa x efeito.

Exemplo: “Quando está chovendo você deve jogar sal na porta de casa para amenizar/párar a chuva. “Ação A gera consequência B, mesmo que A e B não tenham nenhum tipo de relação lógica. Isso deve ter virado simpatia, porque algum dia, alguém derrubou o sal na porta de casa e a chuva párou no mesmo instante, e isso foi espalhado como verdade e seguido, repetido até chegar numa proporção de simpatia e consequentemente, de verdade para muitas pessoas.

Simpatias são inofensivas, e se não fizerem o bem , o mal também não farão, um emplasto. Mas se fossem 100% verdadeiras, as lotéricas estariam falidas, imagina todos os apostadores entrando com o pé direito antes de apostar…rs. Começarei a citar algumas simpatias e lendas, que já ouvi após me tornar pai.

No início da gravidez da Naty, minha mãe estava toda babona(e ainda esta), enquanto falávamos sobre chá de bebê, ela já me orientou “Quando eu estava amamentando nunca deixava ninguém sentar na minha cama” – Pensei que era por causa de micróbios, bactérias e etc, mas para confirmar, perguntei o motivo dessa atitude, sem exitar ela me respondeu “porque caso alguma mulher sentar na cama do casal e essa bendita estiver em RED ALERT(ciclo menstrual) a grávida tem o leite seco, ou seja, pára de amamentar pois o leite materno secará.”

<< Minha reaçãojackie-chan-meme

Dias depois minha sogra foi em casa passar o dia com a Naty e já aproveitou para ajudar com as novas roupas do bebê, lavou, passou vinagre com confort, e na hora de secar ela disse “roupa de bebê não se torce, pois dá cólica na criança”, agora foi a vez da Naty ficar com essa cara >>jackie-chan-meme

Quem nunca ouviu falar que tecido vermelho na testa pára o soluço, pintar o cabelo faz o bebê nascer com a mesma cor da tintura(essa tenho até testemulha hahaha né tia Roberta), cinza de cigarro cura afta, barriga pontuda é menino, barriga redonda menina, se a grávida derrubar uma tesoura no chão se cair aberta é menina se cair fechada é menino… são coisinhas engraçadas e que me fazem ficar curioso com suas origens… mas isso é história para um outro post.

A única lenda que revelarei a origem para vocês hoje, é a tão falada “Mãe do corpo“, um “espírito que habita o corpo da grávida e fica a procura do bebê após o parto, mexendo-se por todo o corpo da mãe.” Minha sogra e minha mãe confirmaram e disseram que a Naty também confirmará num futuro próximo… Meio macabro não acham? Agora vou explicar o que esta além da crença:

Após 9 meses de gestação imagina como está o interior do corpo feminino, uma bagunça, órgãos em posições provisórias, e o local “alugado” pelo bebê, está novamente no “mercado imobiliário” do corpo (rsrs), agora está livre para a reorganização interna, esse período de ajustes podem durar até 1 ano após o parto, ou seja, o útero pode contrair, fazendo com que a mãe ache que algo se mexe lá dentro, mas fique calma, é apenas seu útero e seus órgãos voltando para suas “residências próprias”, ou você acha que somos apenas nós que temos o sonho da casa própria… rs.

Espero que tenham gostado do texto, tentei de maneira extrovertida e respeitosa, mostrar como simpatias e crenças não fazem mal algum, e funcionam apenas como um emplasto(que pode ser um remédio poderoso… que me diga Brás Cubas). Resumindo, se você não crê, respeite a sabedoria dos mais velhos.

PS. Para garantir, quem for na minha casa visitar o bebê …::: NÃO SENTE NA MINHA CAMA SE ESTIVER EM RED ALERT!:::…  hahahaha E o bebê sairá da maternidade com alguma peça de roupa amarela e vermelha, reza a lenda que trás riqueza, sabedoria e saúde… vai saber né!

Bjss

Leia Mais

Breve atualização de pai

Queridissimos amigos e leitores,

Não parei com o blog não, apenas fiquei um tempinho sem atualiza-lo, coisas da vida: Pós Graduação voltando, trabalho fluindo muito bem obrigado, alguns projetos paralelos e coisas do tipo… Mas tenham calma, quando alguma novidade pertinente aparecer, pode deixar que postarei. No mais, continuamos saudáveis, o bebê está cada vez mais “esperto” para não dizer “filhote de Anderson Silva” só nos chutes e socos dentro da Naty…rs

Queria deixar um agradecimento especial para as avós e avôs que estão ajudando bastante nessa fase pré-bebê, apoio moral, com roupas e presentes, dicas, conselhos, simpatias(tenho que fazer um post apenas sobre isso!) e afins. Naty e eu vamos “sofrer” para educar esse menino com tantos parentes/amigos para mima-lo.

Quero agradecer também azamigas e oszamigos que também estão presenteando o bebê, ajudando na organização do chá de bebê entre outras coisas, palavras positivas, sms e e-mail de suporte, Naty, Nico e eu agradecemos de coração. Queria deixar isso registrado porque como ganhamos várias coisas é complicado fazer um post para cada presente, até por falta de tempo útil para isso. Prometo postar em breve mais coisas que o Nicolas ganhou: sapatinhos, bodys Nerds, ursos de pelúcia, roupinhas, mordedores e coisas que fazem qualquer pai/mãe babar! hahaha

Naty está na vigésima sétima(27º) semana de gravidez, com algumas(várias) dores nas costas, pernas e treinando Muay Thai com o bebê dentro da sua barriga… hahahaha Aliás, o bebê está treinando NELA.

A Dra. ficou com meda da Naty ter pressão alta, mas medimos 3x por dia a semana passada inteira e todas as medições ficaram entre 10×6 ~ 11×6, ou seja, baixa, que para grávida está ok.

Estou aproveitando para dormir um pouco esses tempos, porque sei que já já “perderei” essa regalia… rs

Que todos tenham uma ótima semana, e continuem acompanhando, compartilhando e comentando esse humilde blog paterno.

 

Bjss

Leia Mais

Azul

“Ver na vida algum motivo
Prá sonhar
Ter um sonho todo azul
Azul da cor do mar…”

Tim Maia

http://youtu.be/fdHnEGyv76Q

Ultrassom Final Round!

Quarta-feira 01h , cadê o sono? Somado ao calor que anda fazendo(sorte do bebê que ele nascerá no inverno) acabei dormindo bem pouco, as 5:30 celular desperta.

Pulei da cama, igual fazia em dia de ir pescar(adoro pescar), e já comecei chamar a Naty, sim, comecei… 1x 2x na 3 vez eu já fui para o banheiro acompanhado do meu mal humor matinal hahaha… que logo passou, foi só lavar o rosto. 

Ambas as avós decidiram que queriam ir no ultrassom, as 6:10 peguei minha mãe e 6:30 peguei a mãe da Naty. Após um trânsito chato, chegamos em santana 7h em ponto.

Rapidamente atendidos, entramos na sala sem o médico perceber que estava quase levando uma caravana do Silvio Santos, para ver o ultrassom, ele só percebeu quando tentou abrir a porta da saleta, e quase não conseguiu entrar por falta de espaço… kkkkkkkkk Eu disse “Bom dia doutor, tem problema as avós verem o exame ?” com um olhar de “Elas já estão aqui na sala né… ” ele disse “Sem problemas”. E assim foi o exame, sem problemas, tudo normal, saudável, apenas uma peculiaridade, o bebê estava na posição horizontal na barriga da Naty, de uma costa à outra, e parecia um boxeador, dando socos no cordão umbilical…rs

O curioso aqui, perguntou “Doutor, dá última vez você disse que apostaria que fosse um menino, mas não confirmou e agora, dá para confirmar?” ele todo sério tosco “Eu não aposto nada, apenas disse que era bem provável ser menino…” dei uma de Prof. Giraffales para cima dele “tátátá e agora, dá para confirmar?”

 

Resultado

Ontem twittei no @bbonfim “Amanhã é dia de saber de qual cor pintarei o quarto do bebê. Lilás ou azul?! Alguém arrisca um chute?”

A esmagadora maioria chutou em Azul, só vi isso agora, depois de chegar no trabalho, após o ultrassom de 2º semestre, adivinhem qual o resultado? AZUL, convencionalmente usado para representar o sexo masculino.

meninoPode-se dizer que eu já suspeitava, por algumas razões:

– Naty apostou que se fosse meninA ela pintaria o cabelo de LOIRO, pensem… ela teria que ter TOTAL certeza materna para apostar algo assim… rs… Você deve estar curioso para saber o que eu terei que fazer por 6 meses, agora que perdi a aposta… isso vou deixar para um próximo post.

– Num dos ultrassons passados, ele estava pulando sem parar, digo, sem parar mesmo e na hora de tentar ver o sexo, ele fechou as perninhas só de sacanagem… e pelo ultrassom quase deu para ver a Troll Face dele…rs

– Neste ultrassom ele estava na posição horizontal, na barriga da Naty, ou seja, chutes da bexiga e costela são “normais”. Em jogo do Corinthians então… é quase um carnaval a cada grito(meu) de gol.

Agora é correr atrás dos preparativos do chá de bebê, enxoval, lembrancinhas, uniforme do curintia e etc…

 

 

Leia Mais

Contando aos Avós

 

Imagina a responsabilidade, esta por vir o primeiro neto(a) da família, de ambos os lados.

Compramos uma meia de bebê Recém Nascido(R.N.) e demos um pé para cada casal de avôs… foi uma choradeira, gritaria… foi inesquecível.

Já sei quem tentará com todas as forças mimar meu bebê! Benditos sejam os avós! Eu não tive referência de avós, sempre fui melhor tratado por avós dos outros… fazer o que né?! rs… Agora mudou um pouco, de uns anos para cá, mais a fase boa mesmo é quando somos crianças né? Meu filho(a) que tem sorte, dois casais de avós, disputando para trata-lo bem!

 

Leia Mais