Meu primeiro dia dos pais

É engraçado pensar “como deve ser um dia dos pais”, longe do clichê de que “dia dos pais é todo dia”(mesma frase usada no dia das mães, mulheres e etc). O dia dos pais não é todo dia, o que acontece todo dia é o atitude paterna, o agir como pai, educar como pai(que é diferente[na minha opinião] de educar como mãe, um dia faço um post sobre isso) o dia dos pais, para mim, é um dia de união familiar, o dia que o pai olha para seu filho, sua esposa e sente-se grato por sua família.

nicoepapai

Uso como exemplo, o meu pai, minha referência paterna, no almoço de domingo passado, tentei lembrar como nossa família comemorava essa data nos anos anteriores até a minha infância… não lembrei de todos que eu queria, porém, lembrei-me dos últimos 10 anos, e todos esses anos agimos de maneira muito parecida, ficavamos juntos, almoçavamos, conversavamos, discutiamos sobre fatos recentes familiares, nossos projetos para o restante do ano, nossos sonhos para os anos vindouros, contavamos piadas e sempre bem no fim do almoço “o que você faria se ganhasse na mega-sena?” clássica dos almoços em família… rs…

E este ano não foi(muito) diferente, quase todos os temas acima foram discutidos, o que mudou foi o novo integrante desse almoço, o Nico, que trouxe junto com ele expectativas diferentes, novos temas de conversa, e tornou-se o centro das atenções da família. Recebi várias mensagens e ligações me desejando feliz dia dos pais, fiquei muito surpreso e contente com todas que recebi. Dever cumprido? Até parece. A maratona começa agora!

Este ano, Nicolas não me deu presente, ele foi o meu presente.

Obrigado filho, por me dar a oportunidade de ser pai.

 

Leia Mais

Dia dos Avôs e Avós

Cresci sem a presença dos meus avôs e avós em meu dia-a-dia. Só não senti muita falta, pois tive pai e mãe(muito bons por sinal) que supriram “todo” o carinho que eu precisava, me deram suporte, em todos os sentidos que se pode usar essa palavra. Um dos meus avôs faleceu há alguns anos, o outro avôs “nasceu” agora na minha vida, minhas duas avós estão mais presentes do que nunca, babando no bisneto e tentando recuperar um pouco do tempo perdido.

nico_sono

Sempre “invejei” amigos que tinham avôs e avós presentes, muitos até mesmo fazendo papéis de figura paterna e materna. Mas não uma inveja possessiva e excludente, em momento algum quis que eles perdessem para eu ter, era apenas uma vontade de compartilhar (share is love…rs), deve ser por isso, que quando faço visita na casa desses amigos, sempre solto um sonoro  “Oiiii vóóóó!”, nunca fui repreendido por nenhuma avó postiça, muito menos por meus amigos, não sei se por entender que uso o termo “avó e avô” da maneira mais carinhosa e verdadeira possível.

Quando o Nico chegou, as avós estavam preocupadas com a atenção que cada uma teria com o neto, sentaram, conversaram e juraram que não brigariam pela atenção do primeiro neto. Naty e eu rimos muito na ocasião.

Já os avôs são mais desencanados com isso, meu pai e o padrasto da Naty nem se quer pensaram nesse tipo de “problema”, homens simplificam sempre, não é? rs… (Espero que as mina do FEMEN não leiam meu blog…rs) Os dois avôs torcem para o Corinthians, creio que esse seria o único motivo para desentendimento entre eles… hahahaha

Os 4 estavam presente no hospital no momento do nascimento, os 4 sempre estão presentes quando precisamos, seja para dar banho, trocar fralda, lavar as roupinhas, escaldar a chupeta, reformar baú, presentear, mimar, tirar fotos e etc… sei que Naty e eu teremos trabalho com esses avôs e avós… Colocaremos eles de castigo e não o Nico… eles serão os causadores de mimos… hahahahaha… já até imagino…. ai ai. E não fico nem um pouco triste com isso, pelo contrário, já comecei bem, dando ao meu filho o que “não tive integralmente” …

Atualmente a minha avó é a melhor do mundo, pena que não foi assim desde minha infância, mais é algo que tenho que agradece-la, pois por este motivo não tive apenas 2 avós e 2 avôs, tive muitos outros, tão importante, inesquecíveis em seu modo, então para falar a verdade, creio que não deveria ter sido eu a ter inveja, mas sim, ter sido invejado.

Farei questão de guardar as raízes da minha família, pois uma planta sem raiz morre, por que nós, humanos, seriamos diferente? O morrer não necessáriamente precisa ser literal, pense nisso:  Sem um passado, um legado anterior, um parâmetro, uma baliza, nós nunca teremos no que se apoiar, nos firmar ou até mesmo apontar e dizer ” eu nunca faria isso com meu filho” ou melhor “eu farei bem melhor para o meu filho”… um castelo sem base esta destinado a cair.

Obrigado aos avôs e avós do Nicolas e à todos os meus avôs e avós postiços.

Leia Mais

Nicolas e o grito mudo!

A primeira de muitas histórias com Nicolas trolando a família.

Ontem a noite, as 3 gerações se reuniram para ver o jogo do Corinthians. Nicolas é o talismã, pois nasceu bem no dia(20/06)a da classificação para a inédita final da Libertadores.

Meu pai, o tio, Nicolas e eu no sofá, o jogo rolando, gol do Boca =X alguns palavrões de leve… em volume baixo, é claro. Nicolas começou a se mexer no carrinho, peguei ele no colo, a avó(bambi) pediu para segura-lo, estavamos todos aflitos com o jogo.

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL do Corinthians… um olhou para cara do outro, e fizemos como se estivessemos gritando, porém sem som, para não acordar/assustar o Nico. Pareciamos o quadro de Edvard Munch, O Grito …rs… Abraços, pulinhos, mas nada de gritar em voz alta, apenas gritos mudos… rs

Na real, acho que o Nicolas nem se assustaria, porque foi rojão e bomba até as 2h e enquanto os nossos gatos quase grudavam no teto, Nicolas nem se mexia no berço, já nasceu Corinthiano!

*__*

 

Leia Mais

Queridos, cheguei!

Saímos do Hospital Salvalus (dedicarei um post apenas para falar das boas e péssimas experiências vividas nessa maternidade) sexta-feira às 23:15h +/- Nunca havia dirigido um carro com um bebê na cadeirinha, ainda mais o meu bebê! Então fui a 60 km/h. Ou seja, após passar em 3 farmácias(próx. uma das outras) para pesquisar preço e comprar os medicamentos da Naty e do Bebê, cheguamos em casa por volta da 1h.

Nico mamou dentro do carro, domiu e resmungou, mas só com o carro parado, pelo visto já é um José Gasolina, curtiu a viagem para casa. Chegando próximo ao meu bairro, fui apresentando os “pontos turísticos” para ele, das favelas próximas até as padarias…rs… Naty foi segurando a barriguinha para não estourar os pontos de tanto rir…rs Pérola dos tipo “Filho, aqui é a favela do Pó, spot(local) 18+” ahuuhahuaUHaUHuhAhua

Chegamos em casa e organizamos as coisas que não lembramos de organizar antes, a primeira noite (como as seguintes) foram tranquilas,  ele acorda apenas 1x por noite para mamar e trocar fralda. Quando acorda e não tem porque chorar, fica no berço “de boa na lagoa” … curioso e preguiçoso… sempre atento a coisas novas e em prontidão à uma soneca esperta! rs

O dia mais difiícil, foi quando ele recebeu visita, quando a galera foi embora ele demorou quase 4h para dormir… foi tenso! Acho que ele estranhou a bagunça, o barulho, e as mudanças de horário de mamar e tal. Quem mandou ser querido por tantas pessoas?! hahaha

Só para constar, as avós e os avôs estão ajudando MUITOOOOOO… sem palavras para agradecer!

Curta o blog para receber mais posts. Abss

Leia Mais

Chá Fralda – Nicolas 05/05/2012

Naty e eu temos um péssimo(ou ótimo) defeito, não conseguimos fazer nada da maneira simples, desde a lista de convidados, até o convite on-line. Não fazemos porque nos consideramos “rycos”(sonho meu) ou melhores(pffff), nada disso, tentamos sempre fazer o melhor, por respeito e dedicação aos nossos convidados e ao nosso futuro filho.

Acreditamos que são momentos assim que fazem a vida valer a pena, chega a ser engraçado, ao final de cada festa sempre falamos “afff… olha a zona, nunca mais vamos fazer nada aqui em casa ok, ok!” chega a ser engraçado… Não vemos a hora de passar logo o chá de bebê para dar tudo certo, mas quando dá realmente tudo certo, temos vontade de enquadrar esse momento, tipo o jornal do Harry Potter, sabem? Deixar registrado cada minutinho com nossos amigos e familiares.

Resumidamente, o que era para ser um chá de bebê, tornou-se um chá fralda/festa/kinect/reunião de amigos/familiares que durou das 14h de sábado até as 04h de domingo… o resultado dessa zona imensa, foi esse:

cha_fralda_nicolas

Como esperado o que era para começar as 14h começou realmente as 15h. Galera chegando, eu tomando banho, Naty se maquiando, enfeites sendo pendurados, bexigas cheias, tortas, doces e bolo sendo organizados em pratos e  Kinect (acessório do video game Xbox360, sabia mais aqui) o bicho começou a pegar… rs… Depois foi Boliche, boxe, atletismo, corrida, salta à distancia, jogos de aventura e muito UFC *-*

Conhecemos muita gente, e (graças a deus) temos uma casa com comodos grandes, convidamos 100 pessoas, 75 delas compareceram. Ou seja, tinha tudo para dar errado, faltar comida, faltar refri, cerveja e afins, NADA disso aconteceu! Fizemos pão de metro, salgadinhos, tortas de frango, de palmito, patês com torrada, ante-pasto, tortas doces(pêssego, morango e maçã), docinhos, salgadinhos de amendoim e salgado estilo fandangos, acho que teve mais coisa, não lembro direito.

Tentei dar atenção à todos, mais quando terminou, fiquei com a sensação estranha, mas era muita gente para servir, conversar, dar risada e falar besteira… hahah. Foi ÉPICO! Sabe o que é olhar para qualquer lado da casa e ver alguém sorrindo, conversando, gargalhando, conhecendo pessoas novas, revendo amigos… parei e pensei “é este o ambiente que eu quero para o meu filho”.

Tirei poucas fotos(falha minha), mas tenho certeza de que as pessoas que estavam reunidas ali, se lembrarão desse chá fralda por muito tempo… assim como Naty, Nicolas e eu, nos lembraremos de como somos amados por tantas pessoas diferentes e o Nicolas, antes mesmo de ter nascido.

Tentamos fazer o melhor para você filho, pode não ter sido(respeito a opinião de cada um), mas foi objetivo! Espero que você tenha gostado do seu Chá de bebê, que não teve chá e ainda por cima o bebê não havia nascido. Agradeço aos que puderam comparecer nesse dia tão marcante e importante. Vida longa e próspera!

Antes de terminar o post, preciso dar agradecimentos especiais as pessoas que ajudaram MUITO nesse dia tão especial: Cláudio, Dinho, Doug, Ezildinha, Karen, Lucas, Marcelo, Monique, Renata, Rita, Roberta, Roberto, Robson, Rosa e Tiago.

(Fiz em ordem alfabética para evitar qualquer tipo de descontentamento, todos foram importantes a sua maneira, e cada um de vocês sabem da nossa gratidão particular por tudo que vocês fizeram e continuam fazendo).

Bjss

 Para os que foram e sairam falando merda/mal, deixo apenas um recado >  faça melhor! #bjsmeliga #morrediabo #saiinveja #trolololololo

Leia Mais

Atualização #2

Entramos hoja na 31º semana de gestação, ou seja, o bebê já não é mais o Anderson Silva, já é quase um Mike Tyson, está quase encaixado, saudável e como a médica disse “ele é meio nervosinho né” ( ela disse isso após tentar ouvir o coração dele e receber uma bicuta em resposta…rs).

Cada dia que passa a Naty tem menos paciência comigo(hahaha só para deixar registrado) mas é compreensível e as vezes acabo me esquecendo disso, mas logo depois me lembro e descarrego a minha calibre 12, retiro os explosivos do travesseiro da Naty e paro de tentar esganar ela com a Força Jedi, que está mais para Sith atualmente… rs…

É engraçado, pois os sintomas(alguns deles) da Naty me afetam, variação de humor(check); ansiedade(check); dormir mal (desse mal não sofro ainda…rs); dores nas pernas, braços, costelas, costas e fios de cabelo(também não sofro disso); Fome repentina(acho que nessa gravidez engordei mais do que a Naty =-X); entre outros sintomas normais de gravidez. Naty eu sei(na verdade não sei, pq nunca engravidei) que é osso a gravidez! Mas “Parça! Tô contigo e não largo!” linguagem “manolês” para dizer “estou e sempre estarei ao seu lado”.

O próximo (e espero que último) ultrassom será marcado para semada de 01º de Maio. E será feito em conjunto com o tal Doppler, que checa os vasos sanguíneos do bebê, oxigenação, anomalias e afins… torçam para que tudo corra bem!

efeito_de_doppler

O quartinho do Nicolas está quase pronto, em breve postarei fotos. O chá de bebê esta marcado e com os preparativos a milhão.

Logo menos volto com mais novidades. Abss

Leia Mais

Breve atualização de pai

Queridissimos amigos e leitores,

Não parei com o blog não, apenas fiquei um tempinho sem atualiza-lo, coisas da vida: Pós Graduação voltando, trabalho fluindo muito bem obrigado, alguns projetos paralelos e coisas do tipo… Mas tenham calma, quando alguma novidade pertinente aparecer, pode deixar que postarei. No mais, continuamos saudáveis, o bebê está cada vez mais “esperto” para não dizer “filhote de Anderson Silva” só nos chutes e socos dentro da Naty…rs

Queria deixar um agradecimento especial para as avós e avôs que estão ajudando bastante nessa fase pré-bebê, apoio moral, com roupas e presentes, dicas, conselhos, simpatias(tenho que fazer um post apenas sobre isso!) e afins. Naty e eu vamos “sofrer” para educar esse menino com tantos parentes/amigos para mima-lo.

Quero agradecer também azamigas e oszamigos que também estão presenteando o bebê, ajudando na organização do chá de bebê entre outras coisas, palavras positivas, sms e e-mail de suporte, Naty, Nico e eu agradecemos de coração. Queria deixar isso registrado porque como ganhamos várias coisas é complicado fazer um post para cada presente, até por falta de tempo útil para isso. Prometo postar em breve mais coisas que o Nicolas ganhou: sapatinhos, bodys Nerds, ursos de pelúcia, roupinhas, mordedores e coisas que fazem qualquer pai/mãe babar! hahaha

Naty está na vigésima sétima(27º) semana de gravidez, com algumas(várias) dores nas costas, pernas e treinando Muay Thai com o bebê dentro da sua barriga… hahahaha Aliás, o bebê está treinando NELA.

A Dra. ficou com meda da Naty ter pressão alta, mas medimos 3x por dia a semana passada inteira e todas as medições ficaram entre 10×6 ~ 11×6, ou seja, baixa, que para grávida está ok.

Estou aproveitando para dormir um pouco esses tempos, porque sei que já já “perderei” essa regalia… rs

Que todos tenham uma ótima semana, e continuem acompanhando, compartilhando e comentando esse humilde blog paterno.

 

Bjss

Leia Mais

Problemas com Palavrão?

Mesmo antes do meu bebê nascer, já me preocupo com esse tema PALAVRÃO. Sei que isso é inevitável, creio que pelo menos 1x na vida até os mais “certinhos” já soltaram um palvrão bem cabeludo…

 

… um sonoro Filho da Piiiiiii.

… um libertador Fod#%-se.

… um expressivo Vai tomar no meio do olho do centro do seu C*(Direitos reservados ao meu amigo Kana)

Realmente tenho alguns problemas com palavrão, é meio que vírgula para mim… Se vacilar quero usar até nas monografias “Na semiótica de Pierce, temos como certeza apenas um apontamento, comunicar-se é FODA PÁ CARALHO!” Brincadeira….rs… Quando escrevo para pós, me controlo…rs

Antes mesmo do bebê nascer, já estou procurando uma maneira de reduzir a “boca suja”.

Se até aqui você já esta torcendo o nariz para o meu texto, então, infelizmente não posso ajudar(ver tabela)

palavrao
(Clique para ampliar)

Muito prático não? Não ensine seu filho(a) a falar palavrão, é para isso que existem sobrinhos, tios, primos e similares… rs… mas que é uma graça ver crianças falando palavrão, ainda mais errado, é né?! Admita!

Como você agiria nessa situação?! Você acredita que o palvrão ainda é um tabu?  Deixe seu Comentário.

Edit: Horas depois desse post, meu amigo Rafael Vieira, me mandou esse vídeo >> http://youtu.be/EPCiW2xFKf4

 

Leia Mais